Fim de ano chegando, hora de deixar sua casa mais bonita!

Fim de ano chegando, hora de deixar sua casa mais bonita!

Existem pequenos reparos que fazem toda a diferença em nossa casa, não é mesmo?! E é uma tradição para muitas famílias deixar tudo arrumado para receber a família e os amigos para o Natal e Ano Novo e começar bem o ano que se inicia.

Mas, e se você pudesse economizar fazendo você mesmo esses pequenos reparos? Melhor ainda: e se você encontrasse em um só lugar todo o material que precisa e ainda dicas de como fazer? Então segue lendo nosso post, porque aqui na Tecnolar tem tudo isso e muito mais!

Confira essas 5 dicas que vão facilitar o seu trabalho:

1 – Cuidados na hora da pintura

Se você precisa pintar uma peça da casa ou mesmo fazer alguns retoques é importante removendo equipamentos, quadros, objetos e acessórios que possam atrapalhar seu trabalho, e, claro, para que não sujem de tinta.

Outra dica importante é remover pregos que possam estar na parede. Limpar a parede também é fundamental. As sujeiras que ficam na parede podem prejudicar o resultado final da pintura proporcionando um acabamento ruim.

Lixar pequenas imperfeições garante uma pintura mais uniforme. Feito isso, é hora de aplicar o primer nas áreas lixadas. Agora você está pronto para isolar com papel, plástico e até mesmo fitas as áreas como rodaforro, rodapés e o piso, para evitar respingos.

Na Tecnolar você encontra pincéis, rolos, solventes, tinners, fitas, lixas, lonas, luvas, bandejas e tintas spray.

Pronto! Com esses passos sua pintura vai ficar como a de um profissional!

2 – Cuidados com as portas

Você sabia que as portas da sua casa também necessitam de manutenção? Os problemas de portas geralmente são pequenos, mas ainda assim, incômodos.

Inspecione a porta para certificar-se de que não haja parafusos soltos ou dobradiças deterioradas que possam estar causando o problema. Portas de madeira estão sujeitas a mudanças climáticas: em climas úmidos, as portas podem inchar. Se o problema ocorre apenas durante os meses úmidos ou estações chuvosas, pode ser necessário planejamento, mas antes disso, considere que em pouco tempo o problema pode desaparecer sozinho.

Se você precisar aplainar a porta, lembre-se que será preciso uma plaina de carpinteiro. Raspe uma pequena camada da borda da porta. Tome o cuidado de fazer um corte angular para evitar a madeira ou o verniz.

Se as dobradiças de sua porta anunciam toda vez que alguém passa por elas, um bom lubrificante pode resolver. Cubra a área sob a porta com um pano e aplique o óleo nas dobradiças. Depois da aplicação, abra e feche a porta para que o líquido se espalhe nas partes móveis da dobradiça. Se o lubrificante não solucionar o problema, você pode tentar limpar os pinos das dobradiças.

Dobradiças, chaves, parafusos e lubrificantes você encontra na Tecnolar.

3 – Calafetar

Calafetar é impedir a passagem de ar ou de líquidos através da vedação. A forma mais comum encontrada é o silicone ou massa acrílica. Com o tempo o calafetar pode descolorir ou deteriorar-se, deixando sua casa vulnerável a danos causados pela água e ao crescimento de bolor. Para substituir essa vedação é importante remover todo o material antigos, alguns produtos existentes no mercado ajudam a amolecer os resíduos e facilitam a remoção. O próximo passo antes da nova aplicação é limpar a área com solvente de tinta e esperar secar completamente.

Agora que você já pode aplicar a massa de calafetar. Certifique-se de cortar a ponta do tubo em forma de cone, para facilitar a aplicação. Aplicou? Agora é só esperar secar.

DICA: Se você não se sente confiante para aplicar uma camada lisa, utilizando os principais tipos de calafetar do mercado, procure pelas fitas de calafetar, elas são bem simples e basta você desenrolar e colocar no lugar desejado.

Fitas e massas para calafetar, silicones, solventes e chaves você encontra aqui.

4 – Consertando uma torneira com vazamento

Uma torneira pingando parece um problema insignificante, mas a soma desses pingos por longos períodos é preocupante! Estima-se que uma residência comum com vazamento desperdice 42 mil litros de água por ano, o suficiente encher uma piscina e para dar uma bela diferença na conta no final do mês.

Mas então, como resolver este problema? Comece fechando a água para a torneira. Normalmente há um registro que permite desligar a passagem de água. Uma dica importante é saber o modelo de torneira que você possui. Muitos fabricantes, disponibilizam em seus sites informações sobre peças de reposição e modelos compatíveis.

Confira um passo a passo do processo de reparo:

- Desparafuse a torneira e a remova. O parafuso pode estar escondido sob uma tampa decorativa ou na parte de trás do cabo
- Desparafuse a haste da válvula e a remova
- Retire o parafuso que segura a arruela no lugar. Você pode precisar de óleo penetrante para soltar o parafuso.
- Analise a arruela, se não estiver muito deteriorada , você pode usá-la como modelo para encontrar uma peça substituta.
- Procure na Tecnolar as peças que você precisa, tais como arruelas, torneiras, canos, conexões, válvulas, parafusos, fitas de vedação e chaves. Saiba que aqui, trabalhamos com diversas marcas e com peças genéricas que podem lhe auxiliar.  
- Encontrou a peças que precisava? Então é só trocá-la e concluir a instalação.

As arruelas gastas normalmente são as responsáveis pela maioria dos vazamentos de torneiras.

5 – Desentupindo o vaso sanitário

Não é a situação mais agradável mas em algum momento todo mundo vai se deparar com uma privada entupida. Problemas com o banheiro são estressantes porque geralmente, devido ao frequente uso, necessitam de atenção e urgência.

A primeira coisa a ser feita é certificar-se de que nenhum objeto tenha caído no vaso por acidente, principalmente nos casos de famílias com crianças pequenas que normalmente abrigam no banheiro todo tipo de brinquedo. Se este for o caso, coloque uma luva e borracha e remova o objeto.

Se essa opção não funcionar e exigir uma medida mais drástica, você pode tentar pistolas de ar comprimido ou de cartuchos de dióxido de carbono que fornecerão uma pressão mais forte para limpar as obstruções.

Como último recurso, você pode desinstalar o vaso sanitário e chegar ao entupimento dessa maneira. Há definitivamente um fator grosseiro envolvido aqui, mas pode ser melhor do que um grande projeto de encanamento. Na verdade, a maioria dos banheiros é relativamente fácil de desconectar. Uma vez que os parafusos que prendem o vaso tenham sido removidos e você tenha removido a calafetagem ao redor da base, não é difícil retirar o vaso e colocar uma lona plástica para facilitar o acesso. Se você precisar recorrer a este processo, basta coletar o que está obstruindo a passagem de água e recolocar a peça de cerâmica no lugar.

Gostou dessas dicas? Tem alguma dúvida ainda? Então converse com nossos vendedores, eles podem te ajudar com esses pequenos reparos, te apresentar os produtos e ferramentas que você precisa e você ainda economiza, já que não vai precisar contratar um profissional. Mãos à obra?

Outros Posts

Informação